6 OPÇÕES DE ÁRVORES DE SOMBRA

CONHEÇA ALGUMAS OPÇÕES DE ÁRVORES PARA FAZER SOMBRA EM SEU JARDIM

13/11/2020 12:40

O que são árvores de sombra?

Antes de respondermos à essa pergunta, precisamos pensar na importância das árvores para o mundo e o meio ambiente. Pois bem, as árvores são os maiores e mais lindos patrimônios naturais de todo o nosso planeta. Elas absorvem a radiação do Sol e o gás carbônico durante o dia, liberam água e oxigênio, ajudam na regulação de temperatura, são habitats naturais, entre várias outras coisas. Para simbolizar a importância das árvores, foi eleito o dia 21 de setembro, como o dia da árvore (antecede o início da Primavera no hemisfério Sul).

Agora que sabemos sobre a grande importância das árvores, podemos falar sobre como elas atuam no sombreamento de áreas. Primeiramente, a sombra gerada pela copa das árvores, ajuda a reduzir a temperatura do solo, fazendo com que a evaporação da água seja bem menor.    Nas grandes cidades, o calor aumenta muito mais, devido à presença de asfaltos e construções, por isso, a melhor alternativa sempre é plantar o maior número de árvores possível, pois, além da sombra para dias quentes, temos uma ajuda na limpeza do ar e na poluição.

Interessante, não é mesmo? Agora, você deve estar se perguntando: Quais as melhores árvores para se plantar e ter uma boa sombra?...Então, muito vai depender de onde você pensa em plantá-la (jardim, em frente a sua casa, fazendas, locais comerciais, etc). Aí vão 3 dicas básicas: sempre verifique o tamanho das raízes, tenha noção dos cuidados necessários e como funcionarão as manutenções (podas, regas,etc), e  se a espécie que deseja possui licença ambiental.

Nós aqui do VPA, listamos 6 árvores que acreditamos ser boas opções para você:

- Aroeira salsa (Schinusmolle): Arvore de médio porte nativa do Brasil, com frutos globosos vermelhos, muito vigorosa e sistema radicular ameno. Espécie muito ornamental, vem sendo muito empregada e indicada para arborização urbana, por ser rústica, por aceitar podas e não destruir calçadas e estruturas com suas raízes. Se cultiva em pleno Sol, atinge rapidamente altura de 4 metros e não necessita de solos férteis, porém devem ser bem drenados.

- Ipê amarelo (Tabebuia chrysotricha): Originária do Brasil é a espécie de ipê mais utilizada em paisagismo. Durante o inverno, as folhas do ipê-amarelo caem e a árvore fica completamente despida. No início da primavera, entretanto, ela cobre-se inteiramente com sua floração amarela, dando origem ao famoso espetáculo do ipê-amarelo florido. Quanto mais frio e seco for o inverno, maior será a intensidade da florada. Pode chegar a 8 metros de altura, com copa rala e diâmetro um pouco maior que a metade da altura.

- Manacá-da-serra (Tibouchinamutabilis):O manacá-da-serra é uma árvore semidecídua nativa da mata atlântica, que se popularizou rapidamente no paisagismo devido ao seu florescimento espetacular. Seu porte é baixo a médio, atingindo de 6 a 12 m de altura e cerca de 25 cm de diâmetro de tronco. O manacá-da-serra é uma excelente opção para o paisagismo urbano, pois não apresenta raízes agressivas, permitindo seu plantio em diversos espaços, desde isolado em calçadas, até em pequenos bosques em grandes parques públicos.

- Acer Tridente (Acer buergerianum):Suas folhas lembram um tridente, por isso recebe esse nome. Atinge até 8 metros de altura e seu efeito outonal amarelo chama atenção, assim como sua rusticidade de cultivo. Prefere sol pleno e solos férteis e drenados, temperaturas baixas e amenas, sendo indicado em regiões de clima temperado.

- Carvalho Europeu (Quercusrobur):Esta espécie possui copa redonda e extensa em árvores adultas, e contorno oval piramidal em indivíduos jovens, cujas folhas são verdes intenso ao longo do outono, depois tornam-se castanhas até que caiam todas durante o inverno. A partir dos 80 anos de idade começam a aparecer as flores, geralmente no mês de maio. Como é bem adaptada aos climas temperados úmidos, apresenta grande resistência ao frio. Nessas regiões, é muito utilizada como árvore de sombra em muitos parques e jardins.

- Cedro português (Cupressus lusitânica):É uma árvore muito utilizada como "cerca-viva" e para a produção de madeira. É uma árvore de crescimento rápido, chegando a atingir cerca de 20 a 30 metros de altura. pode ser usada tanto em cerca vivas, quanto em quebra ventos e como planta ornamental em seu jardim. Para uso em cerca viva é importante a poda para seu formato, podendo mantê-la na altura desejada. Planta perene, suporta frios e geadas, e regiões mais quentes deve ser observada.

Curtiu?Essas e outras opções de árvores para sombreamento (tanto nativas quanto exóticas), você encontra aqui no viveiro VPA!

Se ainda possui alguma dúvida sobre a qual espécie comprar, entre em contato com a gente e/ou assista nossa live no youtube “Árvores de Sombra”!! Segue o link: https://www.youtube.com/watch?v=8vCHl2j7cT0


Compartilhe nas redes sociais: